Número total de visualizações de página

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Os funcionários do paleolítico!...

“Acontece que o Sabor, para quem não conhece, é, talvez, o mais bonito rio de Portugal, o mais preservado, o mais selvagem. Se passassem nas televisões um filme sobre os rabiscos de Foz Côa e outro sobre o curso do Sabor, as pessoas ficariam chocadas ao perceber aquilo que se decidiu preservar e aquilo que se decidiu destruir. O suposto paleolítico derrotou o presente e o futuro.
…Em contrapartida, arranjou-se uns lugares vitalícios para funcionários do Paleolítico…”

Miguel Sousa Tavares, in Expresso de 5.07.08
Eu diria: mais uns lugares vitalícios, a juntar à imensidão das funcões paleolíticas do Estado...

2 comentários:

jotaC disse...

Há-de ser muito difícil encontrar outras palavras que melhor exprimam aquela realidade...
Há uns anos estive lá, e já eles eram tantos meu Deus!. Espero bem que não se tivessem multiplicado...

SC disse...

O estado decidiu-se por uma morena robusta quando o gosto de MST é por louras esguias.
Aconselho MST a mudar os gostos.

Porque, suspeito, se a decisão fosse a inversa seriam necessárias muitas mais pessoas para guardar a loura esguia longe do alcance de comuns mortais, garantida só para MST.

Eu, portanto, não ganharia nada com isso.

E não desgosto de morenas, robustas!