Número total de visualizações de página

sexta-feira, 11 de março de 2011

O mundo em que vivemos...

Só podemos estar chocados, tristes e desejar que o Japão consiga superar esta grande tragédia.
Por melhores que sejam as tecnologias, os meios de prevenção e a capacidade de resposta para resgatar vítimas e apoiar sobreviventes, a devastação provocada por um terramoto de grande amplitude como agora aconteceu, seguido de um tsunami de grandes proporções, é brutal.
O medo e o sofrimento merecem-nos todo o respeito e solidariedade. Não conseguimos verdadeiramente avaliar, mas percebemos a gravidade. As imagens transmitidas pelas televisões são terríveis. Oxalá que as consequências em termos humanos sejam menores.

3 comentários:

Severino disse...

muito bom excelente!

Suzana Toscano disse...

Uma catástrofe, é impressionante ver a derrocada de uma cidade como se fosse um jogo do Lego. De repente toda a laboriosa construção da civilização é pura e simplesmente varrida. Impressionante é também ver o auto controle dos japoneses, o efeito prático dos treinos intensos levados a sério, tudo a desabar à volta e eles a reagir com toda a disciplina. Respeito e soidariedade, sem dúvida.

Tiago Barbosa disse...

Verdadeiramente assustador. De dia para dia cresce o nº de vítimas.
É extraordinária a calma e dignidade dos Japoneses. A sua organização e confiança no governo é também contrastante com a nossa.
Imagino uma situação destas a ocorrer em Portugal (salvo seja...) e Sócrates a dizer "Está tudo bem, não se afastem das centrais nucleares que não há perigo de radiação, e não se acreditem em réplicas, o pior já passou..." Enfim...