Número total de visualizações de página

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Alegrem-se!

Meus caros amigos

Alegrem-se.
Façam um pequeno intervalo nessas coisas do Freeport, do Eurojust, da professora do “sexo”, da diretora dos professores do Norte, da crise económica, das más-línguas, do pobre do Benfica e do seu treinador, da tareia do sportinguista, eu sei lá que mais, olhem até do Darwinius masillae ou do famoso myzeneiro Pinho Cardão!
Alegrem-se.
Nasceram dezoito linces em cativeiro. A Junta da Andaluzia tem um plano em curso para ceder linces a Portugal.
Alegrem-se perante boas notícias. Pelo menos vamos ter linces!

4 comentários:

Rui Afonso disse...

Já tivemos um, com y, no Ministério da Ciência e Ensino Superior e não obtivemos qualquer proveito. :)

JM Ferreira de Almeida disse...

De facto, uma boa notícia, Professor. Sobretudo porque se confirma a possibilidade de reprodução da espécie em cativeiro, já que as dúvidas eram muitas e pertinentes até há uns anos atrás. Vamos é ver se, entre nós, ainda existem habitats naturais em condições de garantir a sobrevivência dos bichos.

Salvador Massano Cardoso disse...

Caro Rui Afonso

É verdade. Já tivemos um, e na altura não era que estava mesmo juntinho ao Jardim Zoológico! Mas não era Lynce de cativeiro ;)

Lacão disse...

Afinal os autocolantes do "Salvem o lince da malcata" não eram necessarios!