Número total de visualizações de página

domingo, 3 de maio de 2009

A norma é a "anormalidade"?

O número de abortos na espécie humana é muito superior a outras espécies. À medida que as mulheres envelhecem o número de cromossomas dos ovos altera-se, apresentando anomalias.
Num estudo sobre fertilização in vitro, verificou-se que 21 de 23 embriões rastreados, provenientes de nove jovens mulheres férteis, apresentavam anomalias! Sendo assim, a norma é haver anomalias cromossómicas.
Estará encontrada a explicação para a tendência “abortista” que ocorre espontaneamente na nossa espécie?

Sem comentários: