Número total de visualizações de página

sábado, 24 de novembro de 2012

Inverno egípcio

Morsi foi eleito Presidente do Egipto com 13,2 milhões de votos, contra 12,3 milhões do seu adversário.
Acaba de declarar-se acima da lei.  
Não, não se trata de ditadura (isso era coisa de Mubarak…); trata-se apenas de “prosseguir na via da democracia”, afirma Morsi.
Passou depressa a primavera!...

2 comentários:

Bartolomeu disse...

Acima da lei também cá temos muitos... e não foi preciso ganharem por uma diferença de votos tão significativa... salvo a devida porporção demográfica.

Suzana Toscano disse...

Vá lá que ainda tentam iludir com a democracia, em breve assumirão que a democracia é uma forma decadente e reacionária de governo contra a vontade dos povos livremente interpretada pelos seus lideres auto proclamados.