Número total de visualizações de página

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

MAY THE TROIKA BE WITH YOU

O chefe da troika opõe-se a mais impostos.

É a verdadeiramente chamada ajuda externa...

9 comentários:

Bartolomeu disse...

O chefe da Missão, não deixa de ter razão.
Só não percebi ainda o motivo que tem feito com que o nosso governo não tenha ainda entregue o país à Troika...
Os gajos íam seber governar "isto" muito melhor... íam meter os "barões" o opinadores, os aproveitadores, os especuladores e os desmandadores, todos na ordem.
Ou então... não.

Tonibler disse...

...mas quando eu disse há dois anos que não queria governo do PSD nenhum, queria um governo do FMI toda a gente disse que eu estava a gozar...

Bartolomeu disse...

Pois foi, caro Tonibler.
Só que, nessa altura, ainda toda a gente afirmava, e era mesmo toda a gente, que a crise não iria atingir-nos da mesma forma que aos gregos. Então, a malta convenceu-se que nunca se iria "ver grega" com os Troikos e que esses, não iriam dizer um dia uma coisa, e no dia seguinte, outra.

Gonçalo disse...

A solução passa pela redistribuição do trabalho disponível. O Estado reduzirá despesa, evitará desemprego, o BE terá menos indignados e a Isabel Jonet menos gente para acudir. As empresas ajustarão e até poderão empregar mais.
http://notaslivres.blogspot.pt/2012/11/erros-governativos-ii.html

(c) P.A.S. Pedro Almeida Sande disse...

E já agora baixar o IVA para aumentar a receita fiscal?

Tonibler disse...

Bartolomeu, a nossa crise ainda não tem nada a ver com a dos gregos. O PR bem tenta, mais ainda não tem...

(c) P.A.S. Pedro Almeida Sande disse...

Nem mais a propósito! «Portugal desceu três lugares no ranking da competitividade fiscal Paying Taxes, cujo sétimo relatório foi divulgado esta quarta-feira, situando-se na 77ª posição entre 185 países analisados e prevendo-se novo recuo no próximo ano.»

«Impressionante», Vítor Gaspar!

Carlos Monteiro disse...

O Dr. Cavaco Silva também se opunha quando eram impostos socialistas. Por falar nisso, onde é que ele anda?

Tonibler disse...

À procura do coiso...daquele...do...eeehh...