Número total de visualizações de página

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Quantos podem assinar por baixo?


4 comentários:

Tonibler disse...

A última, não, mas as duas primeiras são as maiores criações do homem mais importantes do século e espero que muita gente assine pelas duas primeiras. Pela última, bem, os professores que sabem usar a primeira não se deixam cair na última....

Margarida Corrêa de Aguiar disse...

José Mário
Eu assino, o "copy and paste" é que não...

Pinho Cardão disse...

Claro que os doutores vão-se reproduzindo uns aos outros, num interminável processo de "copy and paste", mais mascarado ou menos mascarado pelo nº e extensão de citações, que trazem o prestígio do reproduzido e o apetite para novas reproduções.
Também na maioria dos doutoramentos de valor normalizado pouco se cria, tudo se transforma. Mas é uma indústria com produção em série.

Bartolomeu disse...

Mas quem sou eu,
para lamentar as dores de alguém?
Não sou Deus...
Eu, estou aqui, as dores... além!